A Ninou (fala-se Ninu, fazendo biquinho) surgiu para acompanhar descobertas, as primeiras vezes no mundo. 

Para vestir o primeiro sorrisinho, as mãos gordinhas batendo palminhas meio desencontradas, as visitas da vovó, das titias, das amigas da mamãe, dos vovôs, da galera estranha do papai.

Para estar junto na hora de descobrir texturas, cheiros, gostos. Na primeira papinha. Para aparecer nas primeiras fotos em família e celebrar o primeiro dia em casa.

Para acompanhar os primeiros chamegos, os primeiros mil cafunés. Os cinco mil primeiros beijos e aquela vontade de morder aquela coisinha mais fofa que não passa nunca.

Para estar presente nos primeiros au-au, vrum vrum, nos inesquecíveis primeiros Mamá e Papá. Na primeira fuga impossível do berço e nos primeiros passinhos.

Para quem ainda é só um pacotinho de gente, quem já é bebê que senta e engatinha e para o bebezão fofo e rebelde, que já corre, pula, apronta e derrete corações.

A Ninou existe para essas pessoinhas.

Só para a criaturinha mais importantes da sua vida em seus primeiros mil dias de história. Para seu mais novo amor infinito

Para ele, o meu pequeno

Pour mon petit

 

 

You have successfully subscribed!